Como escolher o melhor modelo de armazenagem

Já escolheu o melhor modelo de armazenagem para seu negócio? A tarefa certamente não é fácil. Ele precisa ser adaptado para atender às necessidades da empresa, encaixar-se no orçamento e ainda trazer vantagens competitivas.

Para conseguir tomar a decisão correta não basta avaliar o custo de implementação. É claro que o valor é importante, mas existe muito mais a levar em conta.

Você descobrirá quais itens são essenciais na hora de escolher seu sistema de armazenagem lendo esse artigo.

Por que escolher o melhor modelo de armazenagem

Quando falamos sobre planejamento logístico estamos abordando diversos processos importantes e complexos.

Decisões tomadas pelo gestor da área têm impacto em toda a empresa. Isso inclui a escolha do melhor modelo de armazenagem.

Os modelos de armazenagem têm como objetivo organizar os processos da empresa para permitir ajustes e melhorias. Sem esse tipo de organização o armazém ou estoque torna-se um grande gasto que prejudica o crescimento do negócio.

O que considerar na hora da escolha

Uma das partes mais complexas para gestores é conseguir escolher o melhor modelo de armazenagem considerando todos os aspectos estratégicos.

Realmente, armazenar produtos e materiais é um custo e muitas empresas querem simplesmente livrar-se dele.

Mas é possível transformar esse custo em diferencial estratégico e conseguir retornos eficientes.

Antes de definir qual é o melhor tipo de armazenagem é necessário entender o impacto que cada um dos modelos terá no seu negócio.

Já falamos um pouco a respeito de sistemas de armazenagem aqui no blog, como você pode ver nesse artigo.

Abaixo você confere tudo que precisa saber antes de tomar sua decisão.

Leia com cuidado para ter certeza de que o modelo de armazenagem escolhido se encaixa bem às necessidades da empresa e também traz vantagens competitivas.

Planejamento de custos

Toda empresa precisa otimizar recursos para conseguir crescer, investir ou simplesmente aguentar um período de economia mais difícil.

Portanto, o primeiro passo para escolher o melhor tipo de armazenagem é fazer um levantamento de todos os custos da empresa, especialmente os logísticos.

Onde será necessário cortar custos e onde é possível investir? Depois de ter essa informação em mãos, planeje quanto custará o novo modelo de armazenagem adotado.

Considere tudo que pode ter impacto nas finanças do negócio, como:

Além de saber os custos que você terá imediatamente, considere o retorno a curto, médio e longo prazo.

Nem sempre a opção mais barata é mais vantajosa. Em alguns casos é interessante investir mais para conseguir economizar mais tarde com movimentação e melhorar a eficiência dos processos.

Tipo de produto armazenado

Alguns produtos exigem equipamentos e ferramentas específicas, como alimentícios e produtos perecíveis.

Além de precisarem de ambientes adaptados, a logística também deve utilizar equipamentos e métodos de movimentação diferentes.

O exemplo mais simples de compreender é de produtos perecíveis. O estoque para esses produtos precisa ser suficientemente seco e arejado para evitar que eles percam sua vida útil.

Além disso, os racks e estantes para paletes devem permitir o uso de métodos de movimentação específico para eles, como o FIFO (first in, first out).

Em geral, armazenamento para produtos com exigências específicas têm custos mais elevados.

Por isso, empresas com essa necessidade podem considerar tipos de armazenagem compartilhada. Assim, é possível dividir os custos entre outros negócios em áreas parecidas.

Produtividade esperada

Não podemos esquecer da produtividade quando o assunto é a escolha do melhor modelo de armazenagem.

Lembre-se que seu pessoal precisará utilizar o armazém diariamente e movimentar itens em seu interior.

Precisamos avisar também que não existe uma solução padrão adequada para todas as empresas.

A receita para um bom modelo de armazenagem é adequar equipamentos, layout, máquinas e outras características às suas necessidades.

Manter a produtividade com cada alteração é essencial para a sobrevivência da empresa.

Alguns negócios deixam de considerar ferramentas, como a automação, por considerá-las um investimento alto.

No entanto, as ferramentas logísticas mais recentes ajudam a melhorar a produtividade.

Por isso todo gestor precisa colocar no papel quais são os impactos positivos e negativos na produtividade.

Levando tudo em consideração você está mais perto de tomar a decisão correta.

Limitações da empresa

Entenda o momento atual da empresa antes de tomar qualquer tipo de decisão a respeito do melhor modelo de armazenagem.

Uma decisão cara demais pode parecer excelente no papel, mas precisará ser implantada em várias etapas.

Será que seu setor logístico consegue adaptar-se a cada uma delas, manter a produtividade e ainda dar lucro para a empresa nesse período?

Considere todas as limitações, sejam elas financeiras, de pessoal ou produtivas, antes de escolher.

O melhor modelo não é o que parece mais eficiente no papel, mas sim aquele que se encaixa à sua realidade.

Opções para complementar o modelo de armazenagem

Além de decidir qual é o melhor modelo de armazenagem você ainda precisa dos melhores equipamentos e ferramentas de movimentação.

Durante a análise do seu modelo de armazenagem escolha equipamentos com durabilidade e qualidade.

A vida útil de uma prateleira industrial, por exemplo, deve compensar o valor do investimento. Caso contrário, logo você precisará investir em reparos ou em um novo item.

A Fabrimetal trabalha com soluções de armazenagem que te ajudam a obter o melhor custo benefício na escolha do modelo de armazenagem.

Prateleiras industriais, carrinhos para movimentação, racks, estruturas cantilever e muito mais. Confira nossas opções personalizadas que se adaptam às suas necessidades e te ajudam a tornar a armazenagem um aliado estratégico da empresa!

×